Processo de trabalho encaixe de manga

Processo de trabalho encaixe de manga
Foto: Dior

04/10/2013

Passo a Passo - Biquíni com franja

Aprenda a fazer biquíni cortininha com franja e aumente
 sua renda neste verão !!!

Aqui neste blog você encontrará dicas de modelagem, acabamento, desenho de moda , cursos e etc.
Dicas simples pra quem estiver começando a empreender.
  Espero que goste. OK

Passo a passo:

Material:

200 grs de lycra Rosset, Sayoart, etc
100 grs de forro 100 % poliamida
2 mts elástico de 7 mm
Linha e fio na cor da lycra
1 virador de roletê 
1 passador de roletê
1 jogo de modelagem - biquíni cortininha
1 tesoura para tecido
1 tesoura para papel
1 tesoura de arremate
1 almofadinha com alfinetes
1 fita métrica 
1 Esquadro
1 aparelho para passar elástico


Então veja:

foto: Ducaduca
Att.: Este material é recomendado para quem já possui uma máquina reta, overloque e galoneira simples ( sem catraca ). Caso você necessita de uma consultoria mais ampla e específica, entre em contato: biquinesducaduca@gmail.com

1º Passo:

Recomendações:


  • Adquira o jogo de modelagem na loja virtual do Ateliê Ducaduca. Veja aqui: Biquini Cortininha - Jogo de Modelagem que é vendido por tamanho. 
  • Descanse o tecido de lycra e o forro 24 hs antes de usar, ou seja, deixe-os à vontade sobre a mesa plana descansando.
  • Adquira um aparelho para passar elástico na borda do biquíni que vc pode encontrar na Cavemac - Rua Newton Prado, 333 - Bom Retiro - SP. Veja foto abaixo. 
     

2º Passo: 

Risco e Corte

Enfestar o tecido significa: dispor o tecido sobre a mesa de corte ( mesa ampla, onde o tecido possa ficar disposto/ assentado sem pregas, ondulações, ou retorcido – unidos pela ourela (borda lateral) ).
A ourela é a borda do tecido no sentido vertical ou seja no sentido do comprimento da peça. Assim como a ourela o sentido do fio de urdume do tecido está no sentido vertical ( comprimento ) e é este mesmo sentido que utilizamos para o fio reto marcado no molde. Sendo assim todas as peças do molde deverá ser colocadas obedecendo o fio reto no mesmo sentido do fio de urdume do tecido. E para facilitar  traça-se uma medida paralela da ourela em relação ao fio reto. Assim todas as partes do molde ficarão posicionadas corretamente sobre o tecido. Também podemos utilizar como apoio a linha horizontal ( mas tem que ser em esquadro e depois que o tecido estiver todo alinhado sobre a mesa), que é a linha da trama que esquadrada a partir da ourela formando um ângulo 90 º é possível dispor todos os moldes em 90 º em relação ao fio da trama. Veja:

Foto: Modelagem disposta sobre o tecido - posição do fio reto
Devemos sempre aproveitar o máximo do tecido, pensando em reutilizar as sobras e ou tentando cortar o máximo de peças que der o tecido. Por isso é importante estudar e analisar sempre uma melhor maneira de encaixar todas as peças antes de cortar, evitando assim o desperdício.  Ah que se pensar também no meio ambiente, pois o tecido de lycra demora séculos para se decompor no solo. Pensando numa produção mais limpa em favor do meio ambiente, devemos criar acessórios com as sobras que ficam lindas cortadas a fio.
Após riscar todas as partes corte no risco com a tesoura de tecido e separe as partes que são para a montagem do top e as partes que são da tanga.
Foto: Ducaduca - após o corte

Foto: Ducaduca - Separação das partes
Forro: O forro deverá ser cortado na sequência, com a modelagem das partes para o forro.


3º Passo

Costura do Top

Na montagem do top, o primeiro detalhe a ser feito será cortar as franjinhas na tesoura, dando um espaço de 0,5 cm entre elas e deixando um borda 1,5 cm de limite para costura na região de encaixe no decote do busto. Detalhe: é importante ter uma tesoura bem amolada e mãos firmes para cortar as franjas. Assim elas ficarão uniformes e delicadas, capriche no corte


foto: Ducaduca - corte da franja
Depois de cortada a franja, posicione-a sobre o bojo. Observe: que a franja deverá ser colocada do pique da barra para cima, ou seja a uma margem de 1,5 cm da borda da barra. Coloque alfinetes para prender a franja no bojo e passe uma costura na resta com o ponto solto, somente para fixar as duas partes. Repita a operação no outro lado do bojo.

Foto: Ducaduca - posicionamento da franja sobre o bojo

Foto: Ducaduca - costura da borda da franja sobre o bojo.

Foto: Ducaduca - colocação franjas.
Importe: Deixar a margem de costura da barra livre para fazer a barra no final ( observe a foto acima ).

Colocação do forro no Top:


Posicione o forro ( par com par ) sob o lado avesso do bojo, lembrando que o lado direto do forro do bojo ficará contra o corpo que quem veste. Posicione certinho o forro, não o coloque torto e nem penso para um dos lados. Lembre-se:  utilizamos o mesmo molde para cortar o bojo do corpo e o bojo do forro, portanto depois de fixado no overloque estar partes deverão fircar semelhantes. Se necessário for alfinete ou alinhave estas partes juntas. Overloque todo o contorno do bojo junto com o forro.

foto: Ducaduca - posicionamento do forro

Foto: Ducaduca - overlocando o forro com o bojo.
Overloque todo o contorno do bojo e encaixe a alça no topo.
Foto: Ducaduca - encaixe da alça 
Passagem do elástico pela borda: 

Importante: para esta operação será necessário adaptar o aparelho de elástico na máquina de overloque. Este modelo da foto, passa o elástico por cima da peças. Por isso o lado do forro ficará sob o elástico.

Foto: Ducaduca - passagem do elástico
Antes de passar o elástico, teste um pequeno retalho para verificar se a tensão ( no tensor ) não esta muito apertado. Procure deixar o elástico pouco tensionado para a peça não ficar franzida.
Com o bojo virado com o forro para cima, agora vamos passar o elástico nas laterais.
Veja que o elástico deverá ser colocado na parte da cava e no decote do bojo. Não é necessário passar na barra, porque este modelo é o cortininha.
Foto: Ducaduca - elástico da borda e alça fixada
Fechamento da Alça:

Depois de finalizado a parte o elástico, feche a alça no overloque do inicio ao fim. as pontas de elástico que sobrar tem que ser refilado. 

Foto: Ducaduca - alça

Foto: Ducaduca - Refile a sobra de elástico

Foto: Fechamento da alça
Depois de fechado a alça, vire-a com o auxílio do virador do roletê.

  
Foto: Ducaduca - Virando o roletê

Foto: Ducaduca - alça virada
Rebatimento do elástico:

Máquina Galoneira: serve para dar acabamentos em peças de malha, como fazer barras e passar galão em decotes. Pra cada tipo de acabamento existe um máquina adequada. Neste modelo utilizaremos a galoneira simples para que você querido leitor possa começar a empreender aos poucos e começar a crescer. Mesmo assim é importante que conheça alguns modelos de galoneira com catraca como  esta da ZOJE - clique aqui e veja o modelo ZJ-C2500P-164M

Nesta operação vamos rebater o elástico, deve-se colocar a peça bem disposta sobre a máquina, deixando a lycra sem dobra e ou ondulações. O importante é que a costura rebatida fique bem acabada.
Foto: Ducaduca - rebatimento

Foto: Ducaduca - rebatimento
Finalize com capricho todo o rebatimento da borda do top, procure deixar a franja livre e solta.

Foto: Ducaduca - finalizando o rebatimento
Barra:

A barra é a parte final da peça, se encontrar dificuldade pra fazer, dobre a largura da barra e fixe alguns alfinetes para segura, ou então, alinhave a mão até conseguir desenvolver uma habilidade maior. Depois costure na reta, iniciando com um retrocesso, procure manter a costura uniforme e finalize no outro lado com outro retrocesso.

Foto: Ducaduca - dobra da barra alfinetada

Foto: Ducaduca - dobra da barra alinhavada

Foto: Ducaduca - Costura da barra
Finalização: 

foto: Ducaduca - arremate 

Foto: Ducaduca - passador de cordão

Foto: Ducaduca - passagem do cordão

Foto: Ducaduca - passagem do cordão

Finalize a peça arrematando as sobras de linhas e com o auxílio do passador de cordão, passe o cordão pelo orifício da borda da barra. Dê um nozinho em cada ponta do cordão e pronto.

Experimente misturar os tecido, faça as primeiras peças pra amigas, peça opinião... acrescente acessórios como pedras, botões, enfeites, bordados, miçangas e etc... crie, divirta-se e ganhe dinheiro neste verão.

Depois volte aqui e divida sua experiência comigo. Ok

Deixe se comentário e siga o blog e a facebook  siga a Ducaduca curtindo nossa página ficará por dentro da moda.

Maria do Carmo Paulino [designer, modelista e professora de moda ]
contato: biquinesducaduca@gmail.com

10 comentários:

  1. Olá, adorei seu blog,já to seguindo....beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado ateliê Duas Irmãs por nos seguir, muito obrigado !!

      Excluir
  2. Olá , queria saber como desenrolar as franjinhas , as minhas fiz mais fininhas e estão todas enroladas , me ajudeee , por favor ! Obrigada .... Ah , ficou lindo ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então "Anômimo" não desenrola não, esse comportamento é natural em tecidos de malha com elastano. ok

      Excluir
  3. jozanita leao pereira13 de agosto de 2014 05:22

    Oi adorei seu blog ,estou começando e tenho dificuldade em fazer o top com bojo e aro ,gostaria de uma explicação dr como armar ficarei muito grata pode publicar no blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jozanita Leão fique no aguardo que logo logo estarei postando !!! ok

      Um grande abçs

      Excluir
  4. Tenho duvidas de como fica o acabamento da galoneira na ponta do bojo em q vai a alça. A galoneira nao desmancha naquele local?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caroline, não desmancha não, mas, você tem seguir as explicação direitinho para fazer os acabamentos e arremates de costura ok

      Excluir
  5. Boa tarde. Como você faz o retrocesso em sua galoneira? Tenho essa dúvida na minha costura, por não saber fazer o retrocesso em minha galoneira, acabo ficando insegura quanto ao acabamento. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A máquina galoneira não faz retrocesso !!! abçs

      Excluir